Sustentabilidade e Inovação
Sustentabilidade e Inovação

O PVC E SUA RECICLAGEM

Onde encontramos o PVC em nosso dia a dia:
Produtos médico-hospitalares, janelas, pisos e revestimentos de paredes, brinquedos e artigos infláveis, artigos escolares, embalagens, tecidos espalmados decorativos e técnicos, garrafas para água mineral, estruturas de computadores, automóveis, tubos e conexões, mangueiras, laminados, laminados impermeáveis,frascos para acondicionar cosméticos e produtos domésticos, móveis de jardim.

PVC, um plástico 100% reciclável

A reciclagem do PVC não é uma novidade. Historicamente, ela acontece desde o começo da sua produção. No entanto, só tomou impulso de forma mais organizada com os movimentos ecológicos nos países desenvolvidos. A razão é que os resíduos de materiais plásticos vêm aumentando em volume por vários fatores, como crescimento populacional, aumento do poder aquisitivo e maior utilização das embalagens plásticas devido à facilidade de transporte, distribuição e diminuição de desperdício de alimentos, principalmente.

As peças de plástico têm pequena participação em peso no lixo. No Brasil, se analisarmos a composição média do lixo na coleta seletiva, veremos que os plásticos representam, em média, 15% em peso (2004), que representam aproximadamente 2,2 milhões de toneladas por ano. O PVC representa apenas 4,7% do total de plásticos, e cerca de 0,7% do resíduo total gerado no Brasil.

Isso ocorre porque o PVC é mais utilizado em produtos de longa duração, como tubos e conexões, fios e cabos para a construção civil. O longo ciclo de vida útil dos produtos de PVC termina por ampliar o tempo necessário para que se tornem resíduos. Para se ter uma idéia, 64% dos produtos de PVC têm vida útil entre 15 e 100 anos. Outros 24% de 2 a 15 anos em 24% e apenas 12% são considerados descartáveis com durabilidade até 2 anos.

A taxa de reciclagem do PVC

No Brasil, a taxa de reciclagem do PVC tem crescido ano após anos. Em 1997 o Instituto do PVC realizou acompanhamento periódico de uma dezena de recicladores de PVC cadastrados pela entidade. O estudo permitiu verificar que essas empresas cresciam em média cerca de 21% ao ano.

Àquela época a taxa de reciclagem de PVC no país era de 9,5%, segundo estudo da Plastivida Instituto Sócio-Ambiental dos Plásticos. Após 8 anos, uma nova pesquisa da entidade mostrou que a taxa tinha aumentado para 13,7%. Em 2007, dados de um estudo do Instituto do PVC constatou que a reciclagem do PVC já atinge 17%, o que confirma o viés de crescimento estimado pela entidade.

A pesquisa chamada de "Monitoramento do Índice de Reciclagem Mecânica do PVC no Brasil" teve abrangência nacional e cumpriu métodos de pesquisa estabelecidos pelo IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística.

Ela terminou revelando dados importantes já que o índice de reciclagem do PVC no Brasil está em um patamar próximo ao índice médio de reciclagem de plásticos dos países da União Européia, que é de 18,3%.

Fonte: Instituto do PVC - www.institutodopvc.org

FORMAS DE PAGAMENTOS

(66) 3515-0536 | (66)9613-9218   vendas@telassinop.com.br


Telas Sinop © Copyright 2019 - Todos os Direitos Reservados
WEB SITE DESENVOLVIDO E HOSPEDADO POR: MRX WEB SITE - WWW.MRXWEB.COM.BR